Vettel volta a vencer no Bahrein e é líder, Massa faz seus primeiros pontos

53 0

 

RBR de Vettel

O sinal de “nº 1”, gesto tradicional do bicampeão Sebastian Vettel, está de volta. Após resultados discretos no início da temporada, o alemão da RBR venceu o GP do Bahrein, quarta etapa do campeonato, subiu ao alto do pódio pela primeira vez em 2012 e, de quebra, assumiu a liderança do Mundial de Fórmula 1, com 53 pontos, quatro a mais que Lewis Hamilton da McLaren, que havia desembarcado em Sakhir na ponta. O desempenho de Vettel lembrou a hegemonia apresentada por ele com sua RBR no ano passado. Soberano, o jovem piloto largou da pole position e liderou praticamente toda a prova. O alemão chegou a ser pressionado por Kimi Raikkonen, da Lotus, que esboçou algumas tentativas de ultrapassagem. Mas voltou a abrir vantagem após a terceira parada nos boxes na 40ª volta e conseguiu administrar a diferença para receber a bandeirada, três segundos à frente do finlandês. Companheiro de Kimi na Lotus, o suíço naturalizado francês Romain Grosjean confirmou o salto de qualidade da equipe fechando o pódio na terceira colocação.

Felipe Massa finalmente teve motivos para sorrir. Depois de passar em branco nas três primeiras corridas do ano, o brasileiro completou a prova na nona colocação, duas atrás do companheiro Fernando Alonso, e marcou seus primeiros dois pontos na temporada. Em 14º no grid, Massa fez uma excelente largada, ganhando cinco posições. Na sequência, o piloto da Ferrari conseguiu um bom ritmo e fechou em nono. Bruno Senna também largou bem, mas não teve a mesma sorte do compatriota. Diferentemente das últimas duas corridas, quando pontuou, o piloto não conseguiu um bom rendimento com a Williams, ficou longe dos dez primeiros por toda a corrida e abandonou a prova após parar nos boxes na penúltima volta.