Sob comando de Caruzo, Sinop quer voltar à 1ª divisão do mato-grossense

78 0
Caruzo, novo técnico do Sinop

Técnico já atuou pelo clube na década de 1980. Agora, volta na condição de técnico com missão de fazer grupo reconquistar o prestígio
A palavra de ordem no Sinop Futebol Clube é foco. E o grupo comandado pelo treinador João Caruzo tem uma missão mais que ousada: voltar à elite do futebol estadual. A estrada promete ser longa, uma vez que para garantir acesso à primeira divisão, o time precisa ressurgir das cinzas e vencer a segunda divisão do campeonato Mato-grossense de Futebol. O grupo se reforçou, iniciou a temporada de treinamento e, a partir de agora, pretende intensificar a preparação dos jogadores.

Caruzo que, na década de 1980, integrou o elenco do Galo do Norte, agora volta à cidade na condição de treinador. O último clube de Caruzo foi o Atlético Campoverdense – na primeira divisão.

– Hoje o desafio é como treinador. Fazer a equipe voltar para a primeira divisão. Não mudei-me para Sinop a passeio, mas sim a trabalho. Tenho três etapas nesta competição: a primeira ficar entre os quatro classificados, a outra subir para a eleite e a última, ser campeão – disse o técnico.

Parte dos jogadores contratatos para atuar nesta temporada no Sinop é conhecida de Caruzo. Atuaram com ele no Atlético Campoverdense..

– Esses jogadores estão baseados em cima do time que fui campeão no ano passado pelo Atlético – expressou ainda o comandante.

O Sinop estreia na segundona dia 1º de maio e terá como adversário o Cacerense. Prata da casa, o meia Paulinho Santos diz que a responsabilidade é grande e que o curto intervalo de 12 dias será um desafio para estar preparado fisicamente. Ele espera contribuir com o elenco e usar sua experiência adquirida durante passagens por clubes do interior de São Paulo, além de uma estadia em países como Uruguai e Colômbia.

– É pouco tempo para quem estava parado. Mas é chegar no dia 1º e fazer muito bem. Se for possível, tentar subir para a primeira divisão – contou o jogador.

Também no Sinop Futebol Clube, o meia Adimil, ex-Barra do Garças, diz que o grupo precisará de muita dedicação para a conquista do campeonato. Derrotas serão inevitáveis, mas será preciso lidar com elas.
– Sabemos que haverá derrotas, empates, mas a equipe tem que ser forte – pontuou.

Se depender do otimismo do grupo, o Sinop é um forte candidato para voltar à primeira divisão. Pelo menos é o que pensa Eder Ferreira, presidente do Galo do Norte.

– É preciso trabalhar muito. Ter humildade na postura e focar no campeonato que é curto e tem jogos muito próximos. É buscar o acesso – citou Eder.

O campeonato
O mato-grossense da segunda divisão está programado para iniciar no próximo dia 1º de maio (terça-feira) com três jogos. Além de Sinop e Cacerense, entram em campo Operário e Brasil Central, além de Poconé e Serra. De acordo com a Federação Mato-grossense de Futebol, sete clube vão marcar presença na competição.