banner

Secretário de Estado de Fazenda ouve propostas para o setor do comércio em Mato Grosso

182 0

A principal pauta da reunião foi a convalidação dos benefícios fiscais

Em reunião na Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismos de Mato Grosso, o secretário de Fazenda do Estado, Rogério Gallo conversou com a diretoria da entidade presidida por José Wenceslau de Souza Júnior.
Na pauta do encontro foram abordadas questões ligadas à política tributária de Mato Grosso em relação ao setor comercial.
Segundo o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, o objetivo é ampliar a arrecadação do ICMS no Estado, mas de forma que não seja um peso para o comerciante que já sofre com uma carga tributária elevada.
Wenceslau também afirma que é necessário a permanência  dos incentivos fiscais para os segmentos já contemplados, porque o ambiente de negócios já se adaptou a alíquota, e caso aumente significa despesas a mais para o empresário e consumidor.
Para  Rogério Gallo, “ o novo Governo tem como premissa o diálogo junto aos setores de modo a evitar a litigiosidade entre físico e contribuintes. Recebemos da Fecomércio-MT uma série de demandas, inclusive de reclamações dos setores em relação a tratamentos tributários dos nossos vizinhos sobretudo Goiás e Mato Grosso do Sul, que acabou fazendo uma competição desleal com os nossos empresários e comerciantes locais”.
O gestor da Sefaz acrescenta que, “a as reuniões com a entidade representativa do comércio deve se repetir, em buscar da contingência fiscal”.
Em relação a convalidação dos benefícios fiscais concedidos a alguns setores, Gallo ressalta que em 10 dias deve ter finalizado o relatório  na perspectiva técnica, no âmbito da Sefaz, então deve-se abrir o o diálogo com os setores.