Queda de avião mata 50 pessoas na Rússia

131 0
Ainda não se sabe a causa do acidente em Kazan
Ainda não se sabe a causa do acidente em Kazan

Um avião de passageiros caiu em um aeroporto no leste da Rússia matando todas as 50 pessoas a bordo neste domingo.

O Boeing 737 decolou de Moscou e estava tentando pousar mas explodiu com o impacto na pista do aeroporto de Kazan no início da noite.

O Ministério de Emergências russo informou que o voo da Tatarstan Airlines levava 44 passageiros e seis tripulantes.

Chovia em Kazan quando o avião caiu e explodiu no aeroporto.

Entre as vítimas está Irek Minnikhanov, um dos filhos do presidente da República Russa do Tatarstão, segundo a lista oficial de passageiros. Aleksander Antonov, chefe do Serviço Federal de Segurança do Tatarstão, também estava entre os passageiros.

O presidednte russo, Vladimir Putin, deu as “condolências aos familiares das vítimas por este desastre horrível”, segundo o porta-voz da Presidência russa. O governo também prometeu indenizações aos familiares.

Chuva

Chovia em Kazan quando o avião caiu e explodiu no aeroporto.

Há informações de que o piloto, Rustem Salikhove, tinha tentado pousar várias vezes antes da queda.

Uma jornalista que afirmou que voou no mesmo avião de Kazan para Moscou neste domingo, mais cedo, disse a um canal de televisão russo que havia uma forte vibração durante o pouso em Moscou.

“Quando estávamos pousando não estava claro se havia um vento forte (no aeroporto) apesar de o tempo estar bom em Moscou, ou algum tipo de problema técnico com o voo”, afirmou Lenara Kashafutdinova.

Uma comissão do governo foi estabelecida para investigar as causas do acidente. O aeroporto de Kazan foi fechado e não deve reabrir até segunda-feira.

Segundo o correspondente da BBC em Moscou Daniel Sandford, apesar de as maiores empresas aéreas da Rússia terem melhorado, acidentes frequentes em empresas menores ainda colocam o país entre os piores em termos de segurança aérea.

BBC BRASIL

 

Holler Box
Holler Box