Preso em Sinop o homem que degolou a vítima por não ter dinheiro

79 0


A Polícia Civil confirmou, ontem à noite, a prisão de J.L.O.S., 22 anos. Ele é acusado de degolar, no domingo de madrugada, Claudinei Ferreira da Silva. O corpo da vítima foi arrastado e deixado em uma vala, na rua Águias, no bairro Maria Vindilina. Populares localizaram o corpo no local por volta das 6h30 do domingo e acionaram a Polícia Militar.

Os policiais civis chegaram até o acusado após denúncia anônima. Ele estava na casa da mãe dele, localizada na rua dos Anzóis, no Recanto dos Pássaros. A princípio, no momento da abordagem, o suspeito negou o crime. No entanto, pela noite, confessou e ainda tentou jogar a culpa em dois adolescentes.

O jovem confessou, em depoimento, que saiu para ir a um baile com a vítima e no caminho tentou roubá-lo. Como Claudinei não tinha dinheiro, o acusado com uma faca cortou o pescoço da vítima e em seguida a arrastou até a vala. A faca foi escondida no pátio de uma igreja. O objeto já foi localizado e apreendido. Ele teria voltado para casa, tomado banho e retornado para a festa com dois adolescentes. Para a mãe, o acusado disse que o amigo, havia caído e cortado o pescoço. Esta versão expoxta ainda está sendo analisada pelos policiais.

Ele deve ser indiciado por latrocínio (roubo seguido de morte), segundo a Polícia Civil.