PMs e agente civil são presos por envolvimento com drogas

66 0

 

Grupo foi preso em ação conjunta das polícias Civil e Federal, na Grande Cáceres
Quatro policiais, sendo três militares e um civil, foram presos com 10 quilos de pasta-base de cocaína que estavam escondidos numa sacola, na cidade de Glória do Oeste (a 312 km de Cuiabá, na região da Grande Cáceres), durante uma operação conjunta da Polícia Civil e Polícia Federal.

O policial civil Valdete Neves de Almeida foi preso em flagrante, na tarde de terça-feira (22), por volta das 17 horas, em companhia de um homem identificado como Evandro da Silva. Com eles, foi apreendida uma pistola 380 mm.

Também foram presos três policiais militares – um soldado, um cabo e um sargento, cujos nomes não foram informados. Todos são acusados de tráfico de drogas.

Os militares faziam parte do esquema porque deixavam que a droga entrasse no Brasil, pela fronteira de Mato Grosso com a Bolívia.

Segundo policiais civis que participaram da prisão, Valdete estava dirigindo um veículo, na companhia de Evandro. Dentro do carro, entre as pernas do passageiro, foi apreendida uma sacola com o entorpecente e a pistola.

Na casa do policial, foram apreendidos R$ 11.500,00 em dinheiro e aproximadamente R$ 30.000,00 mil em cheques de terceiros.

A dupla foi levada a Delegacia da Polícia Federal em Cáceres e autuada em flagrante. A Corregedoria da Polícia Civil foi acionada e acompanhou a lavratura do flagrante.

Durante o flagrante, os três militares foram denunciados com participantes do esquema e também foram autuados por associação ao tráfico.

O delegado da Polícia Civil, Walfrido Franklin do Nascimento, foi acionado para efetuar a prisão dos policiais, que estariam negociando a entrega de drogas na cidade de Glória D’Oeste.

Os policiais – tanto os civis como os militares – serão encaminhados para o presídio de Santo Antônio do Leverger.