Pedro pode estar próximo de ser transferido para São Paulo

65 0

SÃO PAULO – A transferência do cantor Pedro Leonardo para São Paulo será estudada nesta quinta-feira (26) pela equipe do hospital Sírio Libanês, juntamente com os médicos do Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG) e a família do paciente.
Segundo o diretor e médico da UTI do Instituto, Wandervan Azevedo, a equipe do Sírio deverá chegar por volta de 8h30 em Goiânia para discutir a remoção do cantor.
“Nós vamos nos reunir para avaliar essa transferência, que é um pedido da família e nós vamos obedecer. Então, é um processo bem delicado, afinal, o Pedro, apesar das melhoras apresentadas, é um paciente muito grave e precisamos fazer toda uma logística para transferí-lo”, relatou ele.
O profissional contou ainda como será o processo de remoção de Pedro. “O trajeto do hospital até o aeroporto, onde está a UTI aérea, deve durar cerca de 15 minutos e contará com ajuda de batedores da polícia. Do aeroporto de Goiânia até São Paulo, o percurso deve ser de cerca de uma hora e de lá até o Sírio Libanês mais meia hora. Além disso, quatro médicos irão acompanhá-lo dentro do avião”, explicou.
O quadro clínico do filho do cantor sertanejo Leonardo segue grave, porém, tem apresentado melhoras. Os exames mostraram a diminuição do edema cerebral e uma melhora no pulmão. No entanto, Pedro teve que passar por duas sessões de hemodiálise, com duração de oito horas cada uma.
Durante visita de seu primo Thiago, o cantor moveu levemente o braço para o lado e derramou uma lágrima, o que foi uma alegria para a família. ‘Fiquei feliz demais quando ele deu aquela mexida no braço e brotou a lágrima nos olhos’, afirmou o parceiro de Pedro.