banner

Palmeiras conta com falha de goleiro no fim e vence o Sampaio Corrêa

707 0

Do: Lance

© Fornecido por Areté Editorial S.A. Divulgação Palmeiras

Valeu pelo resultado. Esse deve ser o sentimento do elenco do Palmeiras e da torcida após a atuação do Verdão na vitória por 1 a 0 sobre o Sampaio Corrêa, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, no Castelão. Com muitos reservas em campo, o Palmeiras pouco criou, mas contou com uma falha do goleiro adversário para sair com o resultado positivo.
Agora, o Palmeiras jogo pelo empate na partida de volta, que acontece no próximo dia 30, no Allianz Parque, às 20h.
Começo devagarO início da partida no Castelão não fazia juz a festa das torcidas nas arquibancadas. Ao contrário da animação do público maranhense, o jogo começou sonolento. A primeira chegada mais perigosa só aconteceu aos 16 minutos, quando Moisés tabelou com Vitor Luis e bateu cruzado, mas a bola não foi na direção do gol e nem na de Arthur Cabral.
Andrey salvaPoupando alguns jogadores, o Palmeiras não mostrou o mesmo futebol dos últimos jogos e pouco perigo levou ao quase inofensivo Sampaio Corrêa durante todo o primeiro tempo. A única chance clara de gol do Verdão apareceu na bola parada. Aos 36 minutos, Andrey cobrou uma falta da intermediária e obrigou o goleiro Andrey a fazer uma bela defesa. A bola ainda bateu na trave e voltou para o meio da área, mas a defesa Bolívia Querida afastou.
Sampaio volta melhorNo começo do segundo tempo, o Palmeiras voltou com uma alteração. Arthur Cabral, que quase não tocou na bola na primeira etapa, deu lugar ao Deyverson. Mas quem voltou com outra postura foi o Sampaio. Os donos da casa quase marcaram aos 2 minutos, quando Cleitinho finalizou da entrada da área e Prass fez boa defesa. O Verdão teve uma boa chance, num chute de Carlos Eduardo, aos oito minutos, mas foi só isso. Aos 17, o Sampaio chegou de novo. Após cruzamento pelo lado direito, o goleiro do Verdão saiu mal e não conseguiu segurar a bola, que sobrou para Salatiel. O centroavante finalizou, mas Prass se recuperou e espalmou para escanteio.
Palmeiras pouco criativoFelipão escutou os pedidos da torcida palmeirense presente no Castelão e colocou Dudu em campo aos 20 do segundo tempo. Mas nem a com entrada do atacante o Palmeiras conseguiu chegar com qualidade ao ataque. Com o meio-de-campo pouco criativo, abusando das ligações diretas, principalmente com Lucas Lima, o ataque pouco produzia.
Andrey falhaSe o goleiro do Sampaio Corrêa salvou o time maranhense no primeiro tempo, o mesmo não pode se dizer no segundo tempo. O goleiro, que sofreu um corte na testa numa dividade com Carlos Eduardo no começo da segunda etapa, era pouco exigido. Aos 46 minutos, quando parecia que tudo se encaminhava para um empata, no entanto, Moisés arriscou de longe, Andrey não conseguiu segurar e viu a bola entrar no seu gol, para alegria dos palmeirenses.
FICHA TÉCNICA
SAMPAIO CORRÊA 0 x 1 PALMEIRAS
Estádio: Castelão, São Luis (MA)
Data-Hora: 22/5/2019 – 19h15
Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC)
Assistentes: Helton Nunes e Alex dos Santos (ambos de SC)
Árbitro de vídeo: Rafael Traci (SC)
Assistentes de árbitro de vídeo: Rodrigo Batista Raposo (DF) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Público/Renda: Não divulgado.
Cartão amarelo: Douglas Assis (SAM)
Gramado: Ruim
GOLS: Moisés 46’/2ºT (PAL)
SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Everton, Douglas Assis, Moisés e Felipe Dias; Dedé, Diones, Eloir e Cleitinho (Esquerdinha, 18’/2ºT); João Paulo (Gustavinho, 27’/2ºT) e Salatiel Júnior. Técnico: Julinho Camargo
PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Antonio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Felipe Melo, Moisés e Lucas Lima (Felipe Pires, 38’/2ºT); Hyoran (Dudu, 20’/2ºT), Carlos Eduardo e Arthur Cabral (Deyverson, intervalo). Técnico: Luiz Felipe Scolari