Operário-PR vence Cuiabá por 1 a 0 e é campeão da Série C

145 0

Jogo decisivo foi realizado na Arena Pantanal; título é inédito para o time do Paraná

*Operário de Ponta Grossa (PR) levantou a taça de campeão da Série C

 

O Operário de Ponta Grossa (PR) venceu o Cuiabá Esporte Clube por 1 a 0 neste sábado (22), em um jogo emocionante na Arena Pantanal, na Capital, e consagrou-se o campeão da Série C do Campeonato Brasileiro. O título é inédito para o Operário, chamado de “Fantasma da Vila” pelos torcedores.

 

O time paranaense marcou o gol da vitória aos 9 minutos do 2º tempo, com um chute certeiro de Bruno Batata. A vitória simples garantiu a taça porque, a primeira partida da final, realizada no domingo (16) no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, terminou empatada em 3 a 3.

 

Apesar do gol feito pelo atacante, o grande destaque do time visitante foi o goleiro Simão, que chegou a ser chamado de “São Simão” nos últimos minutos da partida, diante das grandes defesas que fez.

 

Os dois times atuaram bem e o Cuiabá chegou a ter várias chances de abrir o placar e levar o título. Apesar de não sair campeão, o Dourado fez uma ótima campanha e garantiu uma ascensão inédita para a Série B do Brasileirão, em 2019.

 

Essa é a primeira vez que um time da Capital consegue jogar a segunda divisão do futebol nacional, desde que o Campeonato Brasileiro foi dividido em quatro séries, no início dos anos 2000.

 

Somente o Luverdense em Mato Grosso havia conseguido o feito. Entre 2014 e 2017, o time de Lucas do Rio Verde se manteve na Série B. Atualmente está na C.

 

O jogo ainda foi marcado pela quebra de recorde de público na arena, com 41 mil torcedores. Até então, a partida que havia registrado o maior número de torcedores ocorreu na Copa do Mundo de 2014, quando Nigéria e Bósnia reuniram pouco mais de 40 mil pessoas no estádio.

 

A renda completa da partida foi de R$ 570 mil.

 

Atraso de 1h30

 

O jogo teve início às 18h, mas foi paralisado aos 3 minutos do 1º tempo após uma queda parcial de energia no estádio e, consequentemente, o desligamento de alguns refletores localizados nas alas Norte e Oeste da Arena.

 

Segundo a arbitragem, o jogo precisou ser parado porque a falta de energia poderia prejudicar a visão dos goleiros que estivessem naquela posição no campo – como era o caso do Victor Bernardes, do Dourado, no 1º tempo.

 

A partida foi reomada foi retomado 1h30 depois do horário marcado.

 

Alguns torcedores chegaram a deixar o estádio, reclamando do calor – no momento da partida, os termômetros registram 35º C na Capital -, da longa fila e de falta de água e refrigerantes em alguns bares internos da arena.

 

Em nota, a Energisa, concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica, informou que a queda de energia elétrica na Arena Pantanal não foi causada por problemas no fornecimento de energia ou na rede de distribuição, mas por um problema interno.

 

“Para que o problema seja resolvido o mais depressa possível, a Energisa está dando todo o suporte para a equipe de manutenção da Arena. Além disso, a empresa tem equipes de plantão localizadas estrategicamente próxima ao estádio para qualquer emergência”, diz trecho da nota.

 

O governo do Estado, por sua vez, afirmou em nota que “uma instabilidade no sistema elétrico da Arena Pantanal provocou a queda de energia em uma parte dos refletores do estádio” e que engenheiros do estádio “identificaram o problema e tiveram que religar o sistema de forma manual para que os refletores voltassem a funcionar”

 

“A causa da instabilidade no sistema elétrico será averiguada pela administração da Arena Pantanal. A Secretaria de Estado de Segurança Pública, por meio da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), também acompanha o caso”, diz trecho da nota.

 

Trajetória para a final

 

O Cuiabá EC assegurou vaga na final após passar pelo Botafogo (SP). Depois de um 0 a 0 na Arena, o Dourado eliminou a equipe do interior paulista ao vencer por 3 a 0, em pleno estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

 

No primeiro turno, o Dourado venceu a equipe do interior do Paraná por 4 a 0, jogando na Arena Pantanal. Na partida válida pelo returno, as duas equipes ficaram no empate por 1 a 1.