No Brasil, aumenta a sobrevida de mulheres com câncer de mama

211 0

Nos casos mais graves, possibilidade de sucesso no tratamento passou de 20% para 40%
Reprodução

*O câncer de mama é o tipo mais comum entre mulheres do mundo todo

Uma pesquisa mostrou resultados animadores para mulheres com câncer de mama: aumentou o índice de sobrevida mesmo em estágios mais avançados da doença.

O que já foi uma dura sentença no consultório vai tomando a forma de uma doença que pode ser encarada cada dia mais com esperança. A pesquisa do hospital paulista A.C. Camargo acompanhou mais de cinco mil mulheres em diferentes estágios de câncer de mama.

Nos casos mais graves, quando a doença se espalha da mama para outros órgãos, a possibilidade de um tratamento bem-sucedido passou de 20% para 40%. Para o tumor combatido num estágio inicial, então, as chances de sucesso alcançaram quase 100%.

Segundo a médica que coordenou o estudo, isso foi possível com uma abordagem multidisciplinar, integrando as diversas fases de tratamento e os profissionais envolvidos. Uma atenção personalizada a cada subtipo de tumor, à fase em que a doença se encontra e à qualidade de vida que se busca para cada paciente, sem descartar, naturalmente, o avanço da medicina.

“Ao longo de todo esse período, nós tivemos novas drogas, novos tipos de tratamento que, ao longo do tempo, foram sendo somados e foram sendo disponibilizados para as mulheres”, disse Fabiana Makdissi, diretora do Departamento de Mastologia do A.C. Camargo.

Holler Box
Holler Box