Ministério Público Eleitoral aciona Vuolo e jornal Diário de Cuiabá por propaganda eleitoral antecipada

80 0
Foto: Reprodução-DC

Olhar Direto

Pré-candidato à Prefeitura Municipal pelo Partido da República (PR), Francisco Vuolo pode responder judicialmente por propaganda extemporânea. A ação foi proposta pelo Ministério Público Eleitoral por meio do promotor da 37ª Zona Eleitora,l Alexandre de Matos Guedes, que também pretende penalizar o jornal Diário de Cuiabá.

A suposta realização de propaganda eleitoral antecipada, conforme consta da ação, foi veiculada na edição do periódico que circulou no dia 15 de abril deste ano. Na edição foi publicada uma entrevista com o gestor cujo teor fazia referências à sua pretensa candidatura ao cargo de prefeito da Capital do Estado, Cuiabá.

O membro do Ministério Público alega que, em duas respostas fornecidas pelo entrevistado, ficou nítido o caráter eleitoreiro da matéria, já que o secretário teria discorrido sobre seus diferenciais em relação aos demais pretensos concorrentes ao cargo de prefeito.

Segundo o promotor, Vicente Vuolo também teria relatado seu plano de atuação caso fosse eleito, reforçando assim o entendimento do MP sobre a existência de propaganda eleitoral antecipada, tendo em vista a legislação brasileira permitir a propaganda eleitoral apenas após o dia 6 de julho.

A representação foi distribuída à 55ª Zona Eleitoral e deverá ser sentenciada pelo juiz Paulo Márcio Soares de Carvalho.