Publicado em : 10/10/17

Mato Grosso marca presença em eventos internacionais esta semana




 

 

Dirigentes da Ampa participam de encontros anuais da Associação Internacional do Algodão (ICA) e do Conselho Consultivo Internacional do Algodão (ICAC)

Produtores de algodão de Mato Grosso participarão nesta e na próxima semana de dois dos principais eventos internacionais do setor. A partir do dia 12 (quinta-feira), o presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Alexandre Schenkel, acompanhará em Singapura o evento anual da Associação Internacional do Algodão (ICA na sigla em inglês), junto com Milton Garbugio e Sérgio De Marco, ex-presidentes da Ampa, e Alessandro Polato, membro titular do Conselho Fiscal. Schenkel e Garbugio irão como representantes da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa).
ICA é a principal associação comercial de algodão e foi criada em 1841, em Liverpool, no Reino Unido, quando um grupo de corretores de algodão criou um conjunto de normas e regras para ajudar a regular a compra e venda de algodão. O evento a ser realizado no Raffles City Convention Centre em Singapura contará com o tradicional jantar de gala no dia 13.
Também em outubro, entre os dias 22 e 27, o Conselho Consultivo Internacional do Algodão (Icac na sigla em inglês) promoverá a sua 76ª Reunião Plenária, no Uzbequistão – pais que integrava a antiga União Soviética.  A Ampa estará representada nesse evento pelo diretor 1º secretário Paulo Sérgio Aguiar e pelo diretor executivo Décio Tocantins.
De acordo com dados do Icac, o Uzbequistão está entre os cinco maiores produtores mundiais de pluma – atrás de Índia, China, Estados Unidos e Brasil -, com uma área plantada de 1.298 mil ha e produção de 832 mil toneladas de pluma. Segundo o Icac, o Brasil cultiva uma área de 955 mil ha onde produz 1.289 mil t. A produtividade brasileira é estimada em 1.350 kg/ha, enquanto no Uzbesquistão é de 641 kg/ha.
Sediado em Washington DC, nos Estados Unidos, o Icac foi criado em 1939 e se propõe a prover informações e sugestões para solução de problemas, servir de elo entre a cadeia produtiva, comercial e o consumidor final, assim como assistir os governos das nações produtoras de algodão na elaboração de políticas econômicas para o setor da cotonicultura.  O tema da próxima Reunião Plenária é “Algodão na era da globalização e progresso tecnológico”.

Deixe um comentário

Sobre autor

Assinar Site por Email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este Site e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Mato Grosso marca presença em eventos internacionais esta semana