banner

Líder do Governo na AL, Dilmar Dal Bosco garante apoio a produtores que lutam pela posse da terra na Agrovila João Ponce de Arruda

389 0

 

A luta que o prefeito Fábio Schroeter e os vereadores Pedro Cambará e Silvio Eventos vêm travando há pelo menos seis anos em defesa das cerca de 70 famílias que vivem em uma área de litígio na comunidade Rio da Casca/Reserva, na Agrovila João Ponce de Arruda, ganhou esta semana um importante aliado.

Durante reunião realizada na comunidade na noite de quarta-feira (13), na residência do senhor Jovelino, o deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Dilmar Dal Bosco, garantiu apoio à causa. “Nós temos que ir atrás, pegar toda a documentação, entender toda essa documentação, envolver as pessoas que têm interesse em comum, como a Energisa, a PGE (procuradoria Geral do Estado), a Casa Civil, o Intermat e a Secretaria de Planejamento, e levar tudo isso ao conhecimento do Governador”, disse Dal Bosco.

A área onde vivem as famílias faz parte de uma reserva legal da antiga Rede Cemat. Os lotes, de acordo com os moradores, foram adquiridos de terceiros e, em razão de uma ação de reintegração de posse movida pela concessionária de energia elétrica de Mato Grosso, todos terão que deixar as propriedades.

Dal Bosco acredita que com um envolvimento maior do Poder Judiciário e do Ministério Público a situação seja resolvida sem prejuízo para nenhuma das partes. Uma das propostas em pauta é a permuta de um terreno localizado em Cuiabá, onde existe uma subestação da Energisa, pela área onde estão as famílias.

“A gente faz a compensação desta área com aquela, na parceria, junto com todos os envolvidos, a Prefeitura Municipal, a Câmara Municipal, Assembleia Legislativa, Ministério Público, Judiciário, e busca o encaminhamento. Se todos participarem e todos verem o mesmo interesse social de ajudar as famílias que aqui estão há mais de 20, 30 anos, eu acho que a gente consegue resolver”, disse Dal Bosco.

Para o prefeito Fábio Schroeter, o apoio do deputado Dilmar Dal Bosco representa uma esperança às famílias moradoras da comunidade Rio da Casca/Reserva. “Nós temos já há vários anos, junto com o vereador Pedro Cambará, vereador Silvio, trabalhado para tentar encontrar uma alternativa para resolver essa situação. Até hoje não foi possível. Através da ajuda do deputado Dilmar Dal Bosco nós acreditamos que vamos encontrar os meios necessários para pode resolver definitivamente esse problema”, disse o prefeito, que destacou a experiência do parlamentar na resolução de conflitos agrários.

Insegurança e exclusão

As famílias que vivem na comunidade Rio da Casca/Reserva, que convivem diariamente com insegurança provocada pela possibilidade real de serem retiradas de suas propriedades a qualquer momento, enfrentam também o que eles consideram como exclusão social, causada pela impossibilidade do acesos ao crédito oficial para tocarem suas propriedades compradas a custo de muito trabalho.

A maioria delas veio do Sul e para poderem pagar pela terra comprada de terceiros, se desfizeram de propriedades, veículos e imóveis. Agora com a decisão da Justiça em favor da Energisa, estão vendo o sonho de serem donos de suas áreas se transformar no pesadelo da desocupação, do futuro incerto e da exclusão social. “Principalmente nos últimos oito anos, não temos paz”, revelou Ari Seno Hoffman, que mora há 13 anos na comunidade. “Vivemos numa agonia de espera, numa ansiedade. Nós não temos como investir em absolutamente nada porque não temos segurança jurídica”, completou.

Hoffman é consciente quanto a desocupação da área, já sentenciada pela Justiça, mas espera contar com o apoio do Governo do Estado para reverter a situação. “Se não tivermos um apoio real por parte do Governo, por parte de pessoas que possam nos ajudar, políticos, nós estamos excluídos da área, vamos ser tirados daqui”, reconheceu.

Apesar do futuro incerto, Hoffman destacou o trabalho que vem sendo feito pelo prefeito e vereadores de Campo Verde para tentar resolver a questão em favor dos moradores. “O Pedro Cambará é um guerreiro e o prefeito Fábio é outro guerreiro, muito parceiro. Eles estão nos acompanhando desde o primeiro dia que assumiram. Estamos agora vendo com os melhores olhos a participação do deputado. Pelo que já nos falaram e pelo que eu pude sentir, eu acredito muito na solução agora. É a última tacada, não temos mais o que fazer”, disse.

Holler Box
Holler Box