Inspirado, Palmeiras vence o Melgar pela Libertadores

175 0

Do: Lance

*Ricardo Goulart comemora seu gol (Alexandre Schneider/Getty Images)

Em noite de estreia, o Palmeiras não encontrou dificuldades e venceu o Melgar, do Peru, por 3 a 0, pela segunda rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores. Os comandados de Luiz Felipe Scolari usaram pela primeira vez um novo uniforme, que é inspirado na camisa de Marcos, usada na conquista da edição de 1999 da competição. Nesta terça-feira, no Allianz Parque, Felipe Melo, Ricardo Goulart e Deyverson foram os autores dos gols.
Com o resultado, o Palmeiras chegou aos seis pontos do Grupo F da Libertadores, na liderança isolada. O Melgar ficou no único ponto, em terceiro lugar do grupo. Ambas as equipes voltam a campo na competição no dia 2 de abril – enquanto os brasileiros visitam o San Lorenzo, os peruanos receberão o Junior Barranquilla. Antes, pelo Campeonato Paulista, o Verdão faz o clássico com o São Paulo, no sábado.
A SORTE ESTÁ LANÇADA
Desde o apito inicial, o Palmeiras se mostrou ofensivo, procurando as jogadas na busca do gol. Aos três minutos, quase o primeiro: Dudu recebeu no ataque e bateu colocado, com o goleiro Cáceda defendendo. Deyverson, Ricardo Goulart e Gustavo Gómez tiveram chances nos minutos seguintes, mas quem teve a sorte e marcou foi Felipe Melo. Aos 24 minutos, aproveitou desvio de Goulart para cabecear, sozinho, para o fundo do gol, 1 a 0.
NO RITMO
Logo após o Palmeiras abrir o placar, o Melgar empataria com Cuesta, mas o gol acabou anulado corretamente pela arbitragem por conta de impedimento. Aos 30 minutos, porém, o árbitro Mario Diaz De Vivar errou a aplicar apenas cartão amarelo a Felipe Melo – ao invés de expulsá-lo -, já que a falta foi muito dura, por trás, em Arias. O ritmo foi seguido até a volta para o segundo tempo, quando aos oito o Verdão fez o 2 a 0 com o oportunista Ricardo Goulart.
PARA FAZER A FESTA
Na tranquilidade, o Palmeiras foi controlando a partida, já que o Melgar não oferecia riscos. Se quisesse e não tirasse o pé do acelerador, a equipe teria vencido por um placar mais elástico. Mas ficou somente no 3 a 0, configurado aos 25 minutos do segundo tempo com Deyverson, aproveitando bom passe de Ricardo Goulart. Vitória do Palmeiras, merecida, grande noite de Ricardo Goulart e festa completa para todos os torcedores neste dia especial.
FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 0 MELGAR-PER
Estádio: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data/hora: 12/3/2019 – 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Mario Diaz De Vivar (PAR) – Nota LANCE!: 5,0 (não influenciou no resultado, mas deixou de aplicar um cartão vermelho a Felipe Melo)
Assistentes: Milciades Saldivar e Roberto Cañete (PAR)
Público/renda: 30.023 presentes/ R$ 1.928.255,40
Cartões amarelos: Felipe Melo, Ricardo Goulart, Thiago Santos (PAL) e Nico Freitas, Fuentes (MEL)
Cartão vermelho: –
GOLS: Felipe Melo 24’/1ºT (1-0), Ricardo Goulart 8’/2ºT (2-0) e Deyverson 25’/2ºT (3-0)
PALMEIRAS: Weverton, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Gustavo Gómez e Victor Luis; Felipe Melo (Thiago Santos 28’/2ºT), Bruno Henrique e Ricardo Goulart (Hyoran 36’/2ºT); Gustavo Scarpa, Dudu e Deyverson (Borja 39’/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.
MELGAR: Cáceda, Fuentes, Christian Ramos, Narváez e Neyra; Villalba, Arias (Leudo 16’/2ºT), Nico Freitas (Romero 16’/2ºT), Joel Sánchez e Vidales (Arakaki 37’/2ºT); Cuesta. Técnico: Jorge Pautasso.

Holler Box
Holler Box