Homens são assassinados, arrastados e deixados sob folhagens por vingança

6 0

Dois homens foram assassinados, arrastados e seus corpos foram deixados em um local, cobertos com folhagem, na manhã do último sábado (21), em Guarantã do Norte (708km de Cuiabá). O crime teria sido premeditado e motivado por vingança.

De acordo com a assessoria da Polícia Militar, os suspeitos, Marcos José Madruga da Silva Santos, 33 anos, morador de União do Sul (MT) e Jairo dos Santos Oliveira, 43, de Sinop, montaram uma emboscada contra Jesulino Ribeiro de Almeida, 60 anos, em uma curva da estrada que dá acesso à comunidade São Sebastião.

Os criminosos estavam em uma Honda Bros preta, com placa de Várzea Grande (MT), quando a vítima e Padro Roque Gomes, 61, passaram em outra motocicleta. Os suspeitos mandaram que eles parassem, e atiraram diversas vezes contra Jesulino.

Os tiros acabaram atingindo também o carona, e os dois morreram no local e foram arrastados por cerca de dez metros para outro local, onde seus corpos foram deixados cobertos com folhagem. A moto das vítimas foi jogada a cerca de 600 metros do local do crime.

Depois disso, viaturas da 13ª Companhia Independente da Polícia Militar da cidade se deslocaram ao local e abordaram os veículos que vinham no sentido contrário ao do ocorrido.

Marcos José Madruga da Silva Santos, 33 anos, morador de União do Sul (MT) e Jairo dos Santos Oliveira, 43, de Sinop, foram avistados numa motocicleta conforme características da denúncia. Ao se aproximar da viatura, eles jogaram dois objetos no matagal às margens da rodovia.

Os suspeitos pararam, mas negaram que tivessem jogado algo fora. A política, no entanto, encontrou um revólver  calibre .44 magnum, marca llama super comanche, fabricado na Espanha pela gabilondo y cia. vitória, com capacidade de 6 munições, e quatro munições intactas. O segundo objeto não foi encontrado.

Depois de detido, Jairo assumiu ter arremessado a referida arma e também uma sacola branca com diversas munições e capsulas deflagradas. E confessou a autoria do crime, relatando que ele e o comparsa estavam há dois dias observando a  vítima Jesulino para matá-lo, porque ele teria matado seu irmão há tempos atrás.

Os dois suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com a moto Honda Bros, utilizada na ação.

Jairo apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. A foto era dele, porém os dados eram de A.S.O., seu irmão. Também foram apreendidos um cartão Bradesco em nome de S.F.C., um cartão Sus em nome de A.S.O. tickets de compras em mercado e de abastecimento de um posto de Sinop.

Deixe seu comentário

Related Post