Homem sofre emboscada, é atingido na cabeça e mata outro com tiro de espingarda

147 0

Do: Olhar Direto

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

 

 

Um homem de 57 anos, identificado como G.P.A. e sua família sofreram uma tentativa de homicídio, na tarde da última quarta-feira (06), na Vila Cardoso, em Porto Esperidião (405 quilômetros de Cuiabá). Após o fato e mesmo ferido, G. seguiu até a casa de A.C.J., de 45 anos, onde o atingiu com disparos de uma espingarda calibre 12, possivelmente por acreditar que teria sido ele o autor do atentado.

Conforme o boletim de ocorrências, G. chegou com sua filha, de 32 anos, no posto do Grupamento de Fronteira (Gefron) por volta das 15 horas. Exaltados, eles relataram que teriam sido alvo de uma tentativa de homicídio. A mulher relatou que foi atingida por disparos de arma de fogo em uma das pernas e no braço.

Já o homem de 57 anos, tinha uma perfuração na altura da cabeça. Mesmo debaixo de vários disparos de arma de fogo, eles conseguiram sair do local e chegar até uma estrada, onde conseguiram carona até a residência deles, pegaram o carro e seguiram até o posto policial do Gefron.

Na base, os dois foram informados que não havia uma viatura no posto policial e que teriam que aguardar a chegada de uma da base. Porém, eles decidiram sair por conta própria. Logo depois, a equipe recebeu a informação de que havia acontecido disparos de arma de fogo em um bar próximo do local.

Quando a equipe chegou, encontrou a vítima de 32 anos caída dentro de um quintal e G. com uma espingarda na mão. Ele confessou o crime e se entregou sem resistência. O homem atingido foi socorrido e encaminhado até Porto Esperidião, sendo transferido posteriormente para o Hospital Regional de Cáceres, onde passou por cirurgia. Porém, ele não resistiu e foi a óbito.

O autor do homicídio e vítima da tentativa também foi encaminhado para atendimento médico junto com sua filha. Após ser atendido no Hospital Regional de Cáceres, o homem foi liberado. Já a mulher ficou em observação.

Holler Box