Hackers roubam dados de milhões de cartões nos EUA

143 0

Do: Estadão Conteúdo

Lojas Saks Fifth Avenue e Lord & Taylor sofreram violação de segurança

*Hackers roubaram dados de mais de 5 milhões de cartões de crédito e débito (iStockphoto/Getty Images)

As redes de lojas de departamento americanas Saks Fifth Avenue e Lord & Taylor sofreram uma violação de segurança que comprometeu informações pessoais e financeiras de seus compradores. Os hackers roubaram informações de mais de cinco milhões de cartões de crédito e de débito em poder das lojas e liberaram para venda em fóruns na internet, de acordo com a Gemini Advisory LLC, uma firma de segurança cibernética de Nova York, nos Estados Unidos.
Um porta-voz da Hudson’s Bay Co., proprietária das duas lojas de departamento, confirmou neste domingo uma violação de segurança de dados envolvendo cartões de clientes. Ele disse que não havia nenhuma indicação neste momento de que a violação tenha afetado a sua operação de e-commerce, outras plataformas digitais como Gilt Groupe, ou outras bandeiras, incluindo a marca Hudson Bay no Canadá ou a Galeria Kaufhof na Alemanha.
“Nós identificamos a questão e tomamos medidas para contê-la”, disse o porta-voz, acrescentando que a empresa está trabalhando em coordenação com as autoridades policiais. Os clientes receberão serviços gratuitos de proteção de identidade, incluindo monitoramento de crédito e não serão responsabilizados por cobranças fraudulentas, disse ele.

Até agora, 125.000 cartões que tinham sido usados na Saks ou na Lord & Taylor foram liberados para venda, de acordo com a Gemini Advisory, e alguns foram usados recentemente, no mês passado, segundo uma fonte. O grupo por trás do roubo é conhecido como JokerStash Syndicate ou Fin 7.
O incidente é o mais recente de uma série de roubos de informações que comprometeram os dados do consumidor. Quase 148 milhões de consumidores tiveram informações pessoais roubadas, como parte de uma violação de dados da Equifax Inc., uma empresa de classificação de risco de crédito, no ano passado.
Em 2014, cerca de 70 milhões de pessoas tiveram seu nome, endereço ou número de telefone violados na Target Corp. Outros varejistas, incluindo a Home Depot Inc. e a Neiman Marcus Group Ltd., também sofreram com roubos.