Goleiro do Vasco defende pênalti e assegura vitória sobre o Grêmio

71 0

 

Equipe reserva cruz-maltina não encontrou dificuldades para bater o Tricolor gaúcho por 2 a 1

Quem disse que Fernando Prass não defende pênalti? Em noite pouco inspirada das duas equipes, o goleiro vascaíno foi o responsável pela vitória da equipe diante do Grêmio, por 2 a 1, neste domingo, em São Januário, ao defender uma cobrança de Marcelo Moreno, garantindo os primeiros três pontos do Vasco no Brasileiro.
De falta, Fellipe Bastos marcou o primeiro gol do Vasco na partida. Ainda no primeiro tempo, Fernado deixou tudo igual para os gaúchos. Na segunda etapa, Alecsandro foi o autor do segundo gol do Vasco. O Grêmio ainda viu um gol ser anulado pelo árbitro Celio Amorim.

GOLS RELÂMPAGOS PARA AMBOS OS LADOS
Com o início da partida morno, a primeira grande chance de gol só aconteceu aos 19 minutos, quando William Barbio infiltrou na grande área, fintou dois jogadores do Grêmio e, na saída do goleiro Victor, chutou com perigo por cima, quase abrindo o marcador para a equipe carioca. Pouco após, aos 22, Fellipe Bastos teve maior sorte e, numa cobrança de falta da intermediária frontal, colocar o Vasco na frente do placar.

 

Contudo, o Grêmio não sentiu o gol e chegou ao empate aos 25 minutos. Da entrada da grande área, Fernando recebeu a bola de Rondinelly e chutou colocado, no canto esquerdo do goleiro Fernando Prass, que não conseguiu defender.
PRASS DEFENDE PÊNALTI E GARANTE A VITÓRIA
O Grêmio voltou para a segunda etapa pressionando o Vasco e conseguiu o gol da virada, aos 13 com Miralles, mas viu o tento ser anulado pelo árbitro Celio Amorim, que alegou falta de André Lima no goleiro vascaíno.
Mesmo com a pressão gremista, o Vasco conseguiu o gol da vitória aos 23 minutos. Após cruzamento na grande área, Alecsandro, sem marcação, testou e a bola, que morreu no canto esquerdo de Victor. Aos 27, Marcelo Moreno chutou e Prass espalmou para a sua esquerda. No rebote, Miralles, com gol vazio, desperdiçou e mandou para fora.
Pressionando pelo empate, o Grêmio cobrou uma falta aos 33 minutos. Ao chegar na grande área, a bola tocou na mão de Renato Silva. O árbitro assinalou a penalidade. Na cobrança, aos 35, Fernando Prass defendeu chute de Marcelo Moreno. O Grêmio pareceu ter sentido o pênalti perdido e o Vasco apenas administrou o resultado para garantir os primeiros três pontos na competição.
FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 1 GRÊMIO
Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 20/05/2012 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Celio Amorim (SC)
Auxiliares: Adine Scram Camara Bastos (SC) e Kleber Lucio Gil (SC)
Renda/público: R$ 106.440,00 / 5.826 pagantes
Cartões amarelos: Renato Silva e Juninho (VAS) e Naldo, André Lima e Marco Antônio (GRE)
GOLS: Fellipe Bastos 22’/1ºT (1-0), Fernando 25’/1ºT (1-1) e Alecsandro 23’/2ºT (2-1)
VASCO: Fernado Prass, Allan, Renato Silva, Rodolfo (Rômulo 19’/2ºT) e Dieyson; Eduardo Costa, Nilton, Fellipe Bastos e Carlos Alberto; Wiliam Barbio (Juninho intervalo) e Kim (Alecsandro intervalo). Técnico: Cristóvão Borges.
GRÊMIO: Victor, Edilson, Saimon, Naldo (Leandro 28’/2ºT) e Pará; Vilson, Fernando, Marco Antônio e Marquinhos (Rondinelly 22’/1ºT); André Lima (Marcelo Moreno 20’/2ºT) e Miralles. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.