Publicado em : 06/10/17

Funcionário do McDonald’s vendia cocaína e crack escondidos no McLanche Feliz




Do: Yahoo

Reprodução

Um gerente do McDonald’s no Bronx, em Nova York, foi preso depois que polícia descobriu que ele trabalhava como traficante disfarçado em uma loja da rede de fast food. Frank Guerrero, de 16 anos, usava pedidos do Mc Lanche Feliz, combo vendido para crianças no restaurante, para vender crack e cocaína.
Guerrero trabalhava durante a noite empacotando os lanches e foi descoberto por policiais na operação “Off the Menu” depois que agentes compraram dele mais de US$ 10 mil em drogas, em diversas ocasiões. Câmeras de segurança da lanchonete indicam que o homem colocava as substâncias nos sacos e as entregava como uma encomenda normal. Ele trabalhava no McDonalds havia 8 anos e também chegou a esconder a droga no banheiro e a entregá-la no estacionamento a clientes.
Depois do flagrante, a polícia foi até a casa do traficante e descobriu US$ 5 mil escondidos no armário do filho do homem, uma criança de dois anos, além de 200 gramas de cocaína. Ele e sua mulher foram indiciados por negligência infantil, além do crime de tráfico de drogas.
“A conduta dele era tão evidente que seria cômico se ele não tivesse cometido um crime sério. Pedir ‘Coca-Cola’ se tornou algo totalmente diferente no turno da noite desse McDonalds”, explica Bridget Brennan, promotora da polícia, em entrevista ao jornal The Independent.

 

Deixe um comentário

Sobre autor

Assinar Site por Email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este Site e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Funcionário do McDonald’s vendia cocaína e crack escondidos no McLanche Feliz