banner

Formandos do curso técnico de Agronegócio são sondados pelo mercado de trabalho

856 0
 

Divulgação
 
Mariana Nereide Laurenti, 22 anos, acabou de se formar no Curso Técnico de Agronegócio, da rede E-Tec, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). Ela é de Campo Novo do Parecis, fez suas aulas presenciais no Centro de Treinamento (CTs), localizado no município e já tem perspectivas de conseguir um bom emprego.

O curso Técnico em Agronegócio tem carga horária de 1.230 horas, sendo 80%  a distância e 20%  presencial. Ao longo do curso, o participante estuda técnicas de gestão, de comercialização e aprende como atuar na execução de procedimentos para planejar e auxiliar na organização e controle das atividades de gestão do negócio rural.

A rede E-Tec do Senar está sendo determinante na qualificação profissional de diversas pessoas que vivem e trabalham no meio rural. Mariana é um destes casos. Ela viu no curso a oportunidade de se qualificar e ajudar a minimizar um dos principais gargalos do setor de agronegócio que é a falta de mão de obra qualificada. “O curso foi primordial para a minha formação”.

Mariana conta que em sua cidade, que é Campo Novo do Parecis, os produtores e comerciantes do agronegócio veem com bons olhos as pessoas que passam pelos cursos e treinamentos ofertados pelos Senar-MT e Sindicatos Rurais. “Estamos em uma região muito rica e que necessita de bons profissionais”.

Além do curso técnico, Mariana é estudante do curso de Engenharia Agronômica do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) e vem realizando diversos treinamentos ofertados pelo Senar-MT.  “Eu aproveito as férias para fazer cursos e participar de palestras. Já fiz treinamentos de regulagem de semeadoras, regulagem de implementos agrícolas e de pulverizadores autopropelidos”.

Mas não é só Mariana que está entusiasmada com sua formação profissional. O empresário Dilvar Wasen destaca o bom desempenho da estudante no período em que esteve estagiando em sua empresa, “Ela teve um crescimento profissional muito bom além de ter demonstrado conhecimento na área”. O empresário diz ainda que há chance de Mariana compor o quadro de funcionários de sua empresa no futuro.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT

 

Assessoria de Imprensa Senar-MT

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of