Flu vence Bota por 4 a 1 e obtém grande vantagem para o segundo jogo

64 0

 

Alvinegro abre o marcador, mas com expulsão de Lucas, Tricolor vira e dá grande passo para o título no próximo domingo
O Fluminense ficou mais perto do título Estadual ao vencer o Botafogo por 4 a 1, na tarde deste de domingo, no Engenhão, na primeira partida da final do Campeonato Carioca. O Alvinegro abriu o marcador com Renato, mas o Fluminense não se abateu e virou com uma grande apresentação. Rafael Sobis brilhou e fez dois gols. Fred fez um golaço de bicicleta e Marcos Júnior fez o quarto liquidando a fatura.
PRIMEIRO TEMPO: RENATO BRILHA E FRED EMPATA COM GOL DE PLACA
Os dois treinadores tiveram problemas para escalar suas equipes. Do lado do Botafogo, Andrezinho era a ausência mais sentida. No Fluminense, Wellington Nem, Diguinho e Anderson foram os desfalques de Abel Braga. A partida começou com muita marcação no meio de campo e o Botafogo se saiu melhor. Logo aos oito minutos, Renato Abriu o placar para o Alvinegro. Após falha de Edinho dentro da área, Fellype Gabriel cruzou, o camisa 8 chutou bonito e fez: 1 a 0.
Após sofrer o gol, o Fluminense foi com tudo para o ataque. Aos 11, Fred ajeitou para Carlinhos chutar e obrigar Jefferson a fazer grande defesa. Na parada técnica era nítida a insatisfação do grupo tricolor por sair atrás no placar. Abel disse para os jogadores que estava fácil para o Botafogo jogar.
Aos 23 minutos, Márcio Azevedo perdeu a bola e foi driblado por Thiago Neves que chutou e o goleiro defendeu brilhantemente. A partir daí, o Tricolor passou a dominar totalmente a partida. Lucas foi o mais sacrificado na defesa alvinegra. O lateral-direito sofreu com as investidas de Carlinhos, Deco e Sobis e acabou levando cartão amarelo.
Loco Abreu, brilhante na semifinal da Taça Rio, contra o Bangu e contra o Vasco na final do segundo turno, foi figura nula na primeira etapa. O uruguaio não concluiu uma jogada sequer. Com toda a pressão tricolor, parecia que a sorte iria sorrir para o Botafogo. Mas a estrela de Fred brilhou no apagar das luzes do primeiro tempo. Cruzamento da esquerda, Thiago Neves ajeitou de cabeça e o artilheiro marcou um golaço de bicicleta: 1 a 1. Alegria tricolor, frustração alvinegra.
SEGUNDO TEMPO: virada Tricolor
Com o empate, e o segundo jogo no próximo domingo, o mais esperado era que as equipes se resguardassem na parte final do jogo. Mas não foi isso que aconteceu. O Botafogo partiu com tudo para o ataque e deu espaços na defesa. Aos 11 minutos, Lucas fez falta em Thiago Neves e foi expulso. A defesa alvinegra se perdeu de vez. No minuto seguinte, Sobis fez 2 a 1, virando o placar. Antes da parada técnica, o camisa 23 fez mais um e a partida estava mais do que nunca para o Tricolor.
Oswaldo de Oliveira mexeu na sua equipe. Loco Abreu deixou a partida e deu lugar para Herrera. Elkeson, vaiado pela torcida saiu para entrada de Caio. Mas nada disso mudou o panorama da decisão. Sobis ainda perdeu mais uma chance, mas Marcos Júnior, que entrou no Lugar de Thiago Neves, fez o quarto. Grande partida do Fluminense, grande passo para ser campeão no próximo domingo.
FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 4 X 1 BOTAFOGO
Local: Engenhão – Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 06/05/2012 – 16h
Árbitro: Luis Antônio Silva Santos
Auxiliares: Ediney Mascarenhas e Marco Aurélio Pessanha
Renda e Público: R$ 732.015,00; 28.182 presentes
Cartão amarelo: Lucas (BOT); Rafael Sobis (FLU); Carlinhos (FLU), Leandro Euzébio (FLU)
Cartão Vermelho: Lucas (BOT)
GOLS: Renato (0-1), aos 8’/1ºT ; Fred (1-1), aos 44’/1ºT ; Rafael Sobis (2 a 1), aos 12’/2ºT e aos 20’/2ºT (3 a 1), Marcos Júnior aos 38’/2ºT (4a1)
FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean, Deco (Wagner, 42’/2ºT), Thiago Neves (Marcos Júnior, 35’/ºT) e Rafael Sobis; Fred (Rafael Moura, 40’2ºT). Técnico: Abel Braga.
BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Maicosuel, Fellype Gabriel e Elkeson (Caio, 29’/2ºT); Loco Abreu (Herrera, 24’/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira