banner

Em busca de primeira vitória, Palmeiras ‘inaugura’ rodízio em 2019

245 0

Com: Estadão Conteúdo


O rodízio de titulares do Palmeiras terá início nesta quarta-feira, às 21 horas, no jogo diante do Botafogo de Ribeirão Preto, pelo Campeonato Paulista, no Allianz Parque. O técnico Luiz Felipe Scolari pretende escalar um time bastante modificado em comparação ao usado na estreia, contra o Red Bull Brasil, no domingo, em Campinas, e iniciar uma série de testes para tentar repetir em 2019 o sucesso da tática de revezamento obtida em 2018.

O próprio Felipão indicou no domingo o plano de trocar no mínimo seis jogadores para a partida. Depois de inscrever Moisés e Carlos Eduardo no Campeonato Paulista, o Palmeiras deve apostar nos dois como titulares, assim como dar chance a nomes importantes como Marcos Rocha e Edu Dracena. Deyverson começou no banco contra o Red Bull, mas deve ser titular.
Em 2018, a rotação do elenco foi um dos segredos para o Palmeiras ganhar o Campeonato Brasileiro. A qualidade dos jogadores do banco de reservas deu segurança ao treinador para adotar a tática. O rodízio serviu também para manter os atletas motivados. Por isso, nesta temporada a comissão técnica quer repetir a proposta e estendê-la inclusive aos goleiros.
Na segunda-feira, por exemplo, Jailson treinou como titular na vaga de Weverton. “São muitos jogos no ano. É normal ficar chateado se ficar fora”, disse Weverton, que disse compreender a necessidade do rodízio. “É difícil para o treinador e o clube também, porque faz alto e investimento e não pode usar todos os atletas do elenco”, explicou.
O Palmeiras busca a primeira vitória antes de iniciar uma sequência complicada no Estadual. Serão dois jogos seguidos fora de casa (São Caetano e Oeste) e depois terá o clássico contra o Corinthians, como mandante.
A partida no Allianz Parque terá também a apresentação de Ricardo Goulart à torcida. O reforço vai ao estádio para cumprimentar os torcedores e andar pelo gramado. Em recuperação de cirurgia no joelho direito, ele deve voltar a atuar apenas no fim de fevereiro.
Após a estreia no Campeonato Paulista com empate por 1 a 1 com o São Bento, o Botafogo pode atuar com um time mais ofensivo, o que incluiria a presença de dois centroavantes: Rafael Costa e Bruno Moraes. Na partida de estreia, Rafael Costa foi titular e fez o gol do Botafogo. Bruno entrou na segunda etapa e agradou pela movimentação.
O técnico Léo Condé justificou a sua provável escolha: “Eles têm características diferentes. O Bruno joga mais enfiado entre os zagueiros, já o Rafael tem mais mobilidade, consegue sair da área, é um jogador que pode nos ajudar muito. Optamos por deixar o Bruno no banco na estreia porque ele ainda não está no melhor da forma física”, explicou.
Se Bruno Moraes começar no banco, Renan Oliveira seguirá como titular. Mas a alternativa ofensiva pode ser usada durante o jogo e conforme a necessidade de atacar. “Não há motivo para outras mudanças, porque precisamos adquirir ritmo e entrosamento” completou o técnico.