Delegado desabafa: “Audiência de Custódia é regalia para bandido”

188 0

Do: Agora MT

A média de suspeitos soltos em Mato Grosso é maior que a média nacional

 

*Delegado Gutemberg – Foto: reprodução

O delegado Gutemberg Lucena, titular da delegacia de Mirassol do Oeste, usou o perfil dele em uma rede social para publicar um desabafo quanto ao resultado das audiências de custódia.

No texto, o delegado escreveu: “Audiência de Custódia burocratiza mais o sistema, trava pautas e andamentos processuais, protege bandido”.

O delegado defende que a prisão seja determinada com base na análise de documentos. “A regularidade da prisão pode ser aferida na análise documental do auto de prisão em flagrante. Regalia para bandido, pelo fim dessa aberração”, destacou Lucena.

De acordo com o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) 56,28% dos presos e encaminhados para audiência de custódia em Mato Grosso até julho do ano passado foram colocados em liberdade.

 

Tiveram decretada a prisão preventiva 43,72% dos presos. A média de suspeitos soltos em Mato Grosso é maior que a média nacional, que é de 44,68%. A audiência de Custódia é uma garantia da rápida apresentação do preso a um juiz nos casos de prisão em flagrante. A ideia é que o acusado seja entrevistado pelo juiz, na audiência de custódia, em até 24 horas após a prisão. Onde será determinado se aguardará julgamento em liberdade ou preso.

Holler Box
Holler Box