banner

Cunhado matou mulher de 28 anos para esconder traição; relação durou dois anos

2116 0
Foto: Divulgação

A jovem Ana Paula Bugari, de 28 anos, encontrada morta na tarde desta segunda-feira (1) em um brejo, no município de Juína (735 Km de Cuiabá), teria sido assassinada pelo cunhado Edimar Mendes Bugari, 32 anos, após ameaçar revelar para família que os dois estariam tendo um caso extraconjugal ha dois anos. Edimar é irmão do esposo da vítima e foi preso em flagrante pelo crime de feminicídio.

De acordo com a Polícia Civil, após a comunicação do desaparecimento da jovem, os policiais da Delegacia de Juína receberam informações de que Edimar seria possivelmente o autor do crime. Quando as equipes encontraram o corpo da vítima, Edimar acabou confessando que matou a cunhada, com quem vinha tendo um relacionamento amoroso.

O suspeito contou que no sábado (29), combinou de encontrar com a moça às 7h da manhã, em um ponto combinado, e depois seguiram para outro local, onde mantiveram relação sexual. Segundo o suspeito, a vítima teria ameaçado contar ao marido e outras pessoas sobre a relação de ambos.

Com medo de ser descoberto, o acusado pegou um pedaço de madeira de desferiu três golpes na cabeça da vítima.  A família falou que o suspeito retornou ao sítio por volta das 10h, molhado, e era o único que tinha saído cedinho e depois à vítima.

A vítima estava desaparecida desde sábado (29), depois de sair de um sítio, que pertence aos pais do acusado, que é irmão do marido da vítima. O corpo dela foi localizado pela Polícia Civil em conjunto com o Corpo de Bombeiros.

O suspeito foi conduzido para a delegacia para os trâmites policiais do auto de prisão em flagrante.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of