Claudia Raia e Falabella deverão pagar R$ 4 mi a família de dramaturgo

265 0

Herdeiros de Mauro Rasi reclamam participação nos lucros da encenação de ‘Batalha de Arroz num Ringue para Dois’ em Portugal, em 2005

*Claudia Raia e Miguel Falabella (Fábio Rocha/João Cotta/TV Globo)

Claudia Raia e Miguel Falabella deverão indenizar os herdeiros do dramaturgo Mauro Rasi, morto em 2003, após terem um recurso negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em processo por danos materiais. Os atores deverão pagar cerca de 4 milhões de reais (2 milhões de reais cada um). Procurados, eles afirmaram que vão recorrer da decisão.
Depois de encenarem a peça Batalha de Arroz num Ringue para Dois no Brasil, os artistas partiram para uma nova temporada em Portugal, em 2005. A família de Rasi alega que os atores descumpriram o combinado de pagar 10% da bilheteria a eles e ofereceram 27.000 reais. A bilheteria do espetáculo ultrapassou 1 milhão de euros em solo português.
A família também afirma que os atores estrearam uma segunda temporada da peça em Portugal sem sua autorização.
Na decisão do último dia 12, o STJ manteve a sentença que condena Claudia e Falabella a pagarem mais de 500.000 reais cada – em valores corrigidos, cerca de 2 milhões de reais. O ministro Moura Ribeiro também advertiu que possíveis recursos dos acusados serão passíveis de multa.
Em nota conjunta divulgada nesta terça-feira, Claudia e Falabella afirmam que as apresentações em Portugal foram fechadas por um valor fixo de cachê, sem participação na bilheteria, uma modalidade de negociação comum no país europeu. Eles alegam ainda que a família Rasi exigiu a porcentagem sobre o valor da bilheteria às vésperas da estreia, o que foi impossível de ser atendido.
Claudia e Falabella dizem que se sentiram “no dever de elucidar a realidade dos fatos” devido à exposição sem fundamento perante ao público durante anos.

Holler Box
Holler Box