Casa do Parque é inaugurada para os amantes da arte e cultura

94 0

 
Promover a formação de plateias.
Este é o principal foco da Casa do Parque que será inaugurada amanhã,  segunda-feira (7) em Cuiabá. O local, que terá programação sobre cultura permanente, é o primeiro espaço cultural privado de Mato Grosso voltado ao público que deseja ler livros, escutar música, apreciar obras de arte, curtir uma boa conversa no café e até mesmo participar de sessões de projeções especiais.

Imagine-se num bistrô onde pode se dirigir à prateleira da estante, escolher entre os mais de 200 livros existentes e sentar para ler enquanto saboreia um café ou toma uma taça de vinho com o leve som de um piano ao fundo. Pois bem, a proposta é bem essa. A Casa está localizada na Rua Marechal Severiano de Queiroz, 455 Duque de Caxias II, próxima a entrada lateral do Parque Estadual Mãe Bonifácia. O horário de funcionamento é das 11h as 21h.

No local, além dessa ‘biblioteca’ onde é possível manusear os livros gratuitamente, haverá sempre exposições de obras de artes, contador de histórias, ou projeções de filmes e documentários também gratuitamente. A intenção, segundo a idealizadora da Casa do Parque a empresária Flávia Salem, é tornar o local um ponto fomento e popularização da cultura.

“A ideia da casa surgiu justamente da carência deste nicho de mercado. A nossa intenção é proporcionar o incentivo e a difusão de manifestações artístico-intelectuais, promovendo e divulgando a produção cultural como uma ferramenta essencial à construção da identidade de Mato Grosso e do Brasil”, explica a empresária.

Segundo Flávia, a Casa do Parque é literalmente um projeto ‘para todos’ e vem para agrega. “O espaço visa a formação de plateias através da programação que estaremos oferecendo, em grande parte gratuita. Desta forma estaremos contemplando o que há de mais carente na capital e em Mato Grosso como um todo, que é cultura”, finaliza.

A estrutura

Concebido pelo arquiteto Edmilson Eid, a Casa do Parque é um ambiente bem arejado e estruturado para abrigar eventos rotativos e privados. “O projeto teve como origem uma casa antiga e simples, mas muito bem localizada, onde as pessoas que visitam o parque Mãe Bonifácia podem entrar e ter acesso a programação cultural, reunir amigos e participar também dos eventos comerciais. É um espaço que faltava em Cuiabá”, disse o arquiteto.

No dia do lançamento o público poderá contar com a exposição de obras de arte idealizada pelo curador e artista plástico Jonas Barros. “Estaremos apresentando obras recentes com diversidade de temas e suportes, criadas por Gervane de Paula, Benedito Nunes, Carlos Lopez, Elias de Paula e Roberto Nunes. Quem mais vai ganhar com esse espaço é a população, que infelizmente não pode contar com uma programação permanente do que existe hoje na esfera pública”, comenta o curador que também irá expor seu trabalho na mostra.

Os interessados poderão encaminhar os seus projetos a Casa do Parque. “Eles serão apreciados pelo conselho da Casa e se aprovados receberão todo o suporte para captação, realização e divulgação dos mesmos”.