Campo Verde terá Dia de Campo do IMAmt

113 0

 

 

No próximo dia 6 de Julho (sexta-feira), acontecerá o tradicional Dia de Campo do Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt). Quem faz o convite é a Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), cujo presidente Alexandre Pedro Schenkel estará recepcionando agricultores, técnicos, pesquisadores e demais convidados no Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo Regional Centro, em Campo Verde (a 120 km de Cuiabá).

“Convido todos a virem conferir as novidades em genética e manejo do algodão em Mato Grosso neste Dia de Campo realizado em nossa casa. O IMAmt é uma grande conquista dos produtores mato-grossenses e, junto com instituições e empresas parcerias, desenvolve novas tecnologias que atendem as características e demandas do Cerrado”, diz Schenkel.

A programação do Dia de Campo conta com cinco estações. Na Estação 1, o pesquisador melhorista Jean Belot e Marcio de Souza, coordenador de Pesquisas e Difusão de Tecnologias do IMAmt, estarão apresentando as variedades do IMAmt, junto com Ueverton Rizzi, agrônomo da Cooperativa Mista de Desenvolvimento do Agronegócio (Comdeagro).

O foco da Estação 2 estará voltado para bicudo, lagartas e pragas emergenciais. O consultor Walter Jorge dos Santos, considerado um dos maiores especialistas em bicudo do algodoeiro, estará participando dos trabalhos nessa estação ao lado dos pesquisadores Jacob Netto e Guilherme Rolim, entomologistas do IMAmt.

Na Estação 3, nematoides, ramulária e micro-orgranismos benéficos serão os temas apresentados pelos fitopatologistas do IMAmt, Rafael Galbieri e Tamiris Rêgo, e os técnicos Savio Lopes e Zeani Veloso.

Manejo de plantas daninhas e destruição de soqueiras serão os assuntos explorados na Estação 4, sob o comando dos pesquisadores Edson Andrade Junior, do IMAmt, Anderson Cavenaghi, do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag) e Sebastião Carneiro da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Na Estação 5, novas tecnologias serão apresentadas ao público pela Embrapa Instrumentação (unidade da Empresas Brasileira de Pesquisa Agropecuária de São Carlos – SP), e pelas empresas Netafim e FarmersEdge.

A programação do Dia de Campo será finalizada ao meio-dia com um almoço oferecido aos convidados.

Mato Grosso responde na safra 2017/18 por uma área de aproximadamente 783 mil ha de um total de 1,2 milhão ha semeado no Brasil. Considerando a produtividade média da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o estado deverá produzir cerca de 1,3 milhão de toneladas de algodão em pluma – o equivalente a mais de 65% da produção brasileira na presente safra.

Deixe seu comentário

Related Post