banner

Campo Verde comemora 30 anos com desfile de gente grande (confira as fotos)

2098 0

Campo Verde faz hoje 30 anos de sua emancipação política, e na manhã de hoje fez um desfile para ninguém botar defeito, todas escolas do município participaram e também a Policia Militar, Corpo de Bombeiros e Clube de Desbravadores de Campo Verde.

Após a montagem do dispositivo de honra, teve inicio o desfile com os homens e mulheres da Policia Militar, presente em Campo Verde desde 1989, a Policia Militar conta hoje com 36 homens e mulheres, seu comandante é o Ten. Cel. Ademar Correia da Costa.

Em seguida tivemos o desfile da Banda Marcial “Ranulpho Paes de Barros” de Cuiabá,  esta foi formada em 2011 e hoje está sob a regência do maestro Francival Costa e atende uma média de 100 jovens no bairro Santa Izabel em Cuiabá. A partir de 2014 ela se juntou a Orquestra Sinfônica Jovem de Campo Verde em uma parceria.

A primeira escola a entrar na avenida foi a Coopercamp, criada a 19 anos, ela atende atualmente cerca de 450 alunos, do infantil ao ensino médio, ela trouxe como tema: “Os índios Bororos”.

A avenida Brasil ficou completamente tomada pela população, que prestigiou e aplaudiu muito o desfile.

Ai chegou a vez da Escola Paulo Freire, criada em fevereiro de 2007 ela oferece o ensino infantil e fundamental, atende cerca de 1030 alunos ano, entrou na avenida com o tema:  “A chegada dos mineiros”.

O Centro Educacional Castelo teve início em 2011, ainda como hotelzinho para crianças, em 2014 passou a funcionar como escola, atendendo do berçário ao ensino fundamental I. O tema da escola foi: “A passagem de Rondon”.

Em seguida desfilou a Escola Municipal Paraiso, da comunidade do Limeira, atende do infantil até o 9º ano, trouxe como tema, “ Os nordestinos da Ponte Alta”. O público se fez presente com muitos aplausos para as escolas.

Foi a vez da Escola Boa Esperança entrar na avenida, localizada no Assentamento Dom Osório ela foi criada em Janeiro de 2012, atende do ensino fundamental ao ensino médio, e também EJA, seu tema foi: “ A coluna Prestes em Campo Verde”

A próxima a entrar foi a Escola Sabina Lazarin Prato, criada em 1992, ela atende o ensino fundamental do 1º ao 9º ano, trouxe como tema: “A chegada dos sulistas”.  Ai foi a vez da Escola Estadual Jupiara, criada em 1991, a origem de seu nome vem do bairro Jupiara que é o mais antigo de Campo Verde, a ela coube o tema “Loteamento Jupiara”, antes da emancipação a escola se chamava “Dona Helena Pavlak”.

Foi a vez da Escola Alice Barbosa Pacheco da Agrovila João Ponce de Arruda entrar na avenida, foi criada   em 1987, a origem de seu nome é em homenagem a uma professora de Chapada dos Guimarães, seu tema foi a “Criação do Loteamento do Campo Real”.

A tradicional escola Waldemon Moraes Coelho foi a próxima a entrar na avenida, foi criada em 1986 e atende alunos nos três turnos em ensino fundamental e ensino médio, coube a ela usar o tema sobre a “Emancipação Político Administrativa de Campo Verde”.

A fanfarra do Clube dos Desbravadores de Campo Verde foi a próxima a desfilar juntamente com o Clube de Aventureiros Estrelinha, ambos fazem parte da Igreja Adventista do Sétimo Dia, atende crianças de 06 a 15 anos, a fanfarra mostrou bom entrosamento, sob o comando do Sr. Harley ela encantou o público e levantou a plateia na avenida.

A próxima escola a se apresentar foi a Escola do Santo Antonio da Fartura, ela atende o ensino fundamental e entrou na avenida com o tema “ Os três poderes, Executivo, Legislativo e Judiciário”, fez um belo desfile.

Em seguida entrou a Escola Estadual Ledy Anita Brescancim, criada em 2010. Ela se situa no bairro São Miguel e seu tema foi  “Campo Verde a capital do Algodão”. Veio seguida da Escola Municipal São Lourenço a segunda escola construída pela administração municipal, criada no ano de 2000, trouxe como tema “ A soja que impulsionou a economia de Campo Verde”, e para completar este ciclo veio a Escola Municipal José Garbugio criada em 1998 no Assentamento Dom Osório, trouxe como tema “ Milho o ouro do cerrado”.

Já a Escola Monteiro Lobato do bairro Jupiara homenageou a “Agricultura Familiar” tão presente em nosso município. A maioria de seus alunos residem na zona rural de Campo Verde e são filhos de pequenos agricultores, a agricultura familiar é uma importante fonte de geração de emprego e renda e tem uma grande contribuição na arrecadação de Campo Verde.

A seguir tomou conta da avenida a Escola Municipal Maria Artemir Pires, criada em 1995 ela atende alunos nos períodos matutino e vespertino e trouxe como tema “A indústria em Campo Verde”.

A Escola Estadual Ulisses Guimarães criada em 1997 trouxe como tema “ O Comércio de Campo Verde”, em seguida veio a Escola Progresso, uma escola particular com 25 anos de existência atendendo alunos desde o ensino infantil até o ensino médio, seu tema foi “Prestação de Serviços”.

A seguir entrou na avenida o Educandário Lar Espírita Maria de Lourdes, criado para atender as mães carentes de Campo Verde, ele trouxe como tema “Pontos Turísticos de Campo Verde”. Seguida pela Escola Cristã de Campo Verde, esta escola criada em 2017 atende crianças pequenas do maternal ao pré I, trouxe para a avenida “Educação o presente e o futuro”.

A seguir vieram as creches de Campo Verde com os temas: A diversidade, Ciência e Tecnologia.

Enfim a fanfarra do Instituto Federal campus São Vicente entrou na avenida, criada na década de 1970 ela tem hoje o comando do Prof. Josias Conceição, conhecido professor de Campo Verde.

A alegria tomou conta de todos quando avistaram na avenida a chegada  da Escola Especial Castelinho, escola da APAE, criada em 1994 ela é uma associação filantrópica bem conhecida dos campoverdenses, o trabalho executado pela APAE dispensa comentários, e foi muito aplaudida na avenida, reconhecimento este mostrado pela nossa população, trouxe como tema: “Diversidade  e Inclusão no mercado de trabalho”.

A seguir entrou na avenida o Departamento de Cultura junto com o Grupo Folclórico  Matutada, seguidos pela Escola de Música de Campo Verde, criada em 2013, a sua finalidade educacional é trazer jovens em situação de vulnerabilidade social e incluí-los na sociedade.

O projeto da Policia Militar com crianças foi criado em 2015, entrou na avenida com o tema “Ensinando crianças, transformando vidas”, ela atende atualmente cerca de 60 crianças.

O desfile continuou com a Secretária Municipal de Esporte e Lazer, ela atende atualmente mais de 1.400 crianças e3 adolescentes em 12 modalidades diferentes para ambos os sexos.

A seguir vieram os clubes de serviço: Lions Clube e Rotary Clube. O Lions Clube foi fundado em Campo Verde no ano de 1990, ele vem auxiliando as famílias carentes do município a 18 anos. Já o Rotary Clube foi fundado em 1993, entre as principais ações estão a campanha de doação de sangue e a doação de cadeiras de rodas.

Campo Verde completou 30 anos, mas a população é que comemorou em grande estilo, com um desfile digno de grandes centros, e no encerramento do desfile ainda tivemos mais uma participação do IFMT, funcionários municipais desfilaram com um grande bolo em comemoração ao aniversário da cidade e encerrando o desfile tivemos a participação do Corpo de Bombeiros de Campo Verde, inicialmente com o Projeto Social “Bombeiros do Futuro”, este foi criado em 2006 na cidade de Sorriso, com o tempo ele foi implantado em outras cidades, este projeto é em parceria com a Secretaria de Ação e Promoção Social.

Para encerrar o desfile em grande estilo, tivemos a participação da Esquadrilha Aérea da EJ Escola de Aviação Civil, os pilotos fizeram a alegria dos presentes ao evento, pois nunca houvera em Campo Verde algo parecido, todos se admiraram com a beleza e manobras dos aviões acima da Av. Brasil, a perícia dos pilotos pode ser colocada a prova com os voos rasantes que foram proporcionados ao público.

Galeria de fotos:

Holler Box
Holler Box