Bombeiros identificam ossos de duas crianças e um adulto

10 0

Do: Estadão

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de SP, ainda não há definição de sexo ou da estatura das vítimas de desabamento de edifício

*Os escombros do Edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou após incêndio, na semana passada (Gustavo Basso/NurPhoto/Getty Images)

Os restos mortais encontrados pelo Corpo de Bombeiros na manhã de quarta-feira (9) entre os escombros do prédio Wilton Paes de Almeida, que desabou no centro de São Paulo, são compatíveis com três pessoas, sendo um adulto e duas crianças. A identificação dos ossos foi realizada pelo Núcleo de Antropologia do Instituto Médico Legal (IML).
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, ainda não há definição de sexo ou da estatura das vítimas. Os ossos encontrados, da coluna vertebral e da pelve, estão muito fragmentados em razão do impacto dos escombros sobre os corpos.
Durante a madrugada desta quinta-feira (10), as buscas pelos desaparecidos chegaram a ser interrompidas por algumas horas em razão de um cabo energizado. O Corpo de Bombeiros ainda busca oficialmente seis pessoas que estão desaparecidas entre os destroços do prédio, que desabou após pegar fogo na madrugada do dia 1º. São elas: Francisco Dantas, de 56 anos, Selma Almeida da Silva, 41 anos, e os filhos gêmeos de 10 anos, Werder e Wendel; e o casal Eva Barbosa Lima, de 42 anos, e Walmir Souza Santos, de 47 anos.

Deixe seu comentário

Related Post