Adolescente é executado com oito tiros de pistola em “acerto de contas”

63 0

 

 

Redação

Execução ocorreu durante a madrugada deste sábado, no Parque Cuiabá

Para policiais da DHPP, que investigam o crime, assassinato é mais um acerto entre gangues
O adolescente João Manoel Pessoa Cebalo, de 15 anos, foi executado com oito tiros de pistola 9 mm, no bairro Parque Cuiabá, na Capital. Testemunhas disseram que ele foi cercado por dois rapazes, quando estava próximo da pista de caminhada da Rua D 5.

O assassinato ocorreu na madrugada deste sábado (12), por volta das 2 horas. Para policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, o crime pode ser um acerto de contas.

Um dos suspeitos de participar da execução é conhecido como “Felipe”, morador do bairro Altos do São Gonçalo. Policiais militares foram até a casa onde ele reside, mas não o encontraram.

Policiais que participam das investigações não descartam a hipótese do alvo ser o irmão de João Manoel, que, recentemente, saiu da prisão.

O adolescente não tinha passagens pela Delegacia Especializada do Adolescente. “Tudo indica que armaram com o irmão dele”, observou um policial que participa das investigações.

Segundo o delegado Antônio Carlos Garcia, de plantão na DHPP, armas desse calibre são de uso restrito e, geralmente, são contrabandeadas do Paraguai.

“Não se acha uma pistola 9mm por aí, nem nas apreensões habituais. É possível que seja produto de contrabando”, destacou.

Por se tratar de uma briga de gangues, os policiais ficaram em alerta, durante toda a madrugada, uma vez que pessoas ligadas ao adolescente poderiam buscar vingança. “Nada disso ocorreu”, observou um policial.