banner

Acusado de matar jovem de 25 anos é ‘procurado’ e ameaçado por facção criminosa

360 0

Do: Olhar Direto


*Morvan Pereira do Nascimento confessou ter matado Yan Cardoso da Luz – Foto: Reprodução

Morvan Pereira do Nascimento, de 21 anos, preso na madrugada de segunda-feira (21), no bairro Três Barras, em Cuiabá, após ter confessado que matou Yan Cardoso da Luz, de 24 anos, em um bar no dia anterior, teria recebido uma ordem de morte dos membros da facção criminosa Comando Vermelho. Em audiência de custódia, o juiz da 4ª Vara Criminal de Cuiabá, Lídio Modesto da Silva Filho, manteve a prisão do acusado e determinou que ele seja encaminhado para um local seguro por conta das ameaças.

Morvam estaria sendo procurado pelo ‘Tribunal do Crime’ da facção por ter assassinado o jovem morador do Jardim Florianópolis. Os áudios atribuídos aos membros da facção e obtidos pelo Olhar Direto relatam que “Já está decretado, onde os gurizadas vê, é para passar o tropelo. Pau no gato, já está batido para ele” (sic).

“Salve, salve, meus irmãos. Estou mandando a foto desse mano, que deu mancada na quebra, tirou sangue de um mano ai. É o seguinte: se eu encontrar ele na região, moscando, é daquele jeitão” (sic), descreve outro áudio.

Morvan teve a prisão em flagrante convertida em preventiva por possuir antecedentes criminais (tráfico e roubo), e também apresentar risco a ordem pública. Ele deverá ser mantido em local seguro no interior de uma cadeia pública, por conta das ameaças de morte. A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) informou que o nome do presídio não é informado por questões de segurança.

A prisão de Morvan foi realizada por policiais do 3º Batalhão, por volta de 1h da madrugada. Uma equipe fazia rondas pelo bairro Três Barras quando ao passar pela Rua 29 avistou um jovem com uma mochila preta nas costas.

Os militares fizeram a abordagem e dentro da mochila encontraram uma espingarda calibre 20, sem marca e numeração aparente, contendo uma munição intacta. O jovem então teria confessado que cometeu um homicídio no dia anterior.

Segundo o suspeito, por volta das 5h de domingo ele estava em um bar no bairro Jardim Florianópolis e lá, com a espingarda, ele matou Yan Cardoso da Luz. Ele foi detido e encaminhado à Central de Flagrantes e deverá passar por audiência de custódia ainda hoje. A Secretaria do Estado e Segurança Pública (Sesp) informou que só será possível informar o presídio de destino de Morvan após a audiência.

Holler Box
Holler Box